14 maneiras para emagrecer e manter o peso de forma saudável


Profissionais dão dicas para emagrecer e manter o peso sem ter que sofrer tanto. Dosando vontade e disciplina você pode se sentir mais motivado, confira!

Emagrecer e manter o peso pode ser uma tarefa bem complicada para muitas pessoas. Fazer reeducação alimentar, praticar atividades físicas, em um momento posterior, manter tudo o que você lutou para conquistar soa um tanto quanto desafiador. Por isso, faça essas mudanças na sua vida pelas razões certas, aquelas serão responsáveis por te motivar todos os dias.

Com a entrada de um ano novo, emagrecer é um dos itens mais recorrentes na lista de projetos das pessoas. Por isso, a psicóloga Rosalina Moura, a nutricionista Lara Natacci e o educador físico Vinicius Possebon, separaram dicas preciosas não só para perder aqueles quilinhos indesejados, mas também para manter uma alimentação e uma vida saudável!

Veja abaixo 14 dicas  para emagrecer e manter o peso de forma saudável:

1 – A maioria das pessoas acredita que apenas os exercícios aeróbios de longa duração podem trazer resultados efetivos. Mas essa visão é ultrapassada, apenas 4 minutos de exercícios intervalados com o peso do corpo promovem as mesmas adaptações que treinos de longa duração. Isso significa que é possível ter uma rotina de treinos mais eficiente, que demande menos tempo e que garanta resultados efetivos

2 – Não adianta colocar um objetivo final muito grande, como planejar perder 10 Kg, em um prazo impossível de 10 dias, por exemplo. Para emagrecer e manter o peso, é preciso traçar a meta macro e dividi-la em etapas menores. Adotar a metodologia de dividir as conquistas por semanas e acompanhar os progressos para se manter motivado

3 – Buscar um objetivo tangível pode ajudar mais do que simplesmente desejar “emagrecer”. Entrar em um vestido que já não serve mais, definir o tempo com base ema uma viagem ou data especial são formas de deixar mais fácil para que a mudança aconteça. A partir daí, exercitar a mente e o físico começam a fazer sentido no contexto do novo desafio

4 – Antes de qualquer escolha, é importante entender que o processo de emagrecimento depende exclusivamente da preparação mental. Não basta apenas praticar um exercício com a promessa de perder peso, é preciso acrescentar outros hábitos. A diferença entre pessoas que conseguem chegar ao objetivo final e as outras é, basicamente, a questão mental. É necessário mudar o que chamamos de mindset, ou mapa mental, pois para emagrecer é preciso transformar o modo de lidar com o corpo

5 – A motivação é muito importante para seguir firme na rotina! Por isso, as profissionais recomendam a produção de uma lista com motivos e benefícios de perder peso, com tópicos sendo acrescentados a cada dia. “Por exemplo: ter mais saúde, mais energia para brincar com os filhos, ficar disposto para o trabalho, autoestima, engravidar, caber naquele vestido, envelhecer mais saudável, dormir melhor, entre outros fatores. Deixe essa lista em um local visível para aumentar a sua motivação”, aconselham

6 – As especialistas explicam que dietas muito restritivas, além de causarem perda de massa magra e efeito sanfona, podem trabalhar contra o seu objetivo, aumentando a a ansiedade e a tensão, fazendo com que o seu corpo sinta maior necessidade de alimentos geradores de satisfação rápida, como os ricos em açúcar e gordura

7 – Você mesmo deve traçar suas metas, sempre com um objetivo em mente e tendo em vista suas condições e limites. Para ajudar, as profissionais orientam a definição de metas “smart”. “Elas são: específicas, mensuráveis, alcançáveis, realistas e temporais. Por exemplo: Vou comer uma fruta no café da manhã, de segunda a sexta”, elucidam

[8] Quais aspectos você acredita que podem atrapalhar? Para emagrecer e manter o peso, antecipe-os: se você sabe que um determinado lugar representa uma tentação muito grande, evite ir até lá

[9] Observe o seu comportamento quando está com fome, ou com aquela famosa vontade de comer. A dica das especialistas é: “escreva o que aconteceu, o que pensou e sentiu ou procure conversar com alguém sobre o que está te incomodando ou preocupando. Essa é uma forma de conseguir aliviar a ansiedade e não descontar na comida”

[10] As técnicas de respiração são capazes de auxiliar em momentos de ansiedade e angústia. Por isso, procure se acalmar focando no ato de respirar e mentalizando coisas boas. Pode parecer uma atitude simples, mas o efeito é surpreendente!

[11] Convide seus amigos e familiares para praticar atividade física com você. Isso acaba motivando e engajando ambas as partes e além disso, quanto mais pessoas a sua volta vivendo o seu estilo mais forças você terá para continuar

[12] Uma mudança brusca pode dificultar todo o processo! “Siga passos graduais. Para mudar um hábito ou comportamento é importante planejar bem as metas a serem atingidas de curto, médio e longo prazo”, afirmam Rosalina e Lara

[13] Psicólogos, psiquiatras, nutricionistas, nutrólogos e endocrinologistas são muito importantes para seguir no caminho certo!

[14] Não se culpe, você não ganhará nada com isso. Apenas use as experiências negativas como fonte de aprendizado